Archive for the ‘ResEx Bahia’ Category

Ministério Público Federal intervém na Reserva Extrativista Canavieiras

Monday, December 22nd, 2008



Links:


Infos ueber ResEx in deutsch - klick hier

Em conjunto com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, o MPF convoca reunião para formação do Conselho Gestor da Reserva Extrativista de Canavieiras, que também receberá apoio de novos empreendimentos do setor turístico.

Salvador - Boas perspectivas animam as comunidades de pescadores e marisqueiras do munícipio de Canavieiras, na Bahia. O Ministério Público Federal – MPF e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio realizam, no próximo dia 18, reunião para tratar da criação do Conselho Deliberativo da Reserva Extrativista (Resex) de Canavieiras. O encontro será às 15 horas, no auditório da CEPLAC em Ilhéus. A Resex também passou a contar com o apoio de três novos empreendimentos do setor turístico, que anunciaram sua instalação em Canavieiras após a criação da reserva.

Criada por decreto presidencial, em junho de 2006, a Resex de Canavieiras protege um dos principais manguezais da Bahia, que origina grande parte da produção de caranguejos do estado. Com isso, a unidade beneficia cerca de 2.300 famílias de pescadores, marisqueiros e extrativistas que vivem dos recursos naturais e pleiteam um modelo de desenvolvimento sustentável para a região.

As comunidades beneficiárias da Reserva sofrem com a oposição de especuladores imobiliários e empresários da carcinicultura, gerando conflitos em torno da terra. Agora, esses atritos parecem caminhar para uma solução, com a mediação da Ouvidoria Nacional do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), através do Desembargador João Pinheiro de Souza. No último dia 10, ocorreu uma audiência pública em Canavieiras para colher as denúncias e provas sobre a grilagem de terras e ameaças às comunidades da Reserva, já sob a mediação do Desembargador. A audiência contou ainda com a presença do Comando da Polícia Militar da Bahia e da Procuradora Regional da República de Ilhéus. Como resultado, a Ouvidoria do MDA fará a apuração das denúncias apresentadas.

O Ministério Público Federal também está apoiando a resolução dos conflitos, com a investigação das denúncias de ameaças aos extrativistas. Os casos já estão sendo encaminhados ao comando da Polícia Militar do estado e à Polícia Federal.

Segundo Sérgio Freitas, chefe da Resex, a constituição do Conselho Deliberativo é um passo importante para o fortalecimento da unidade. “Ele representa um dos principais instrumentos de gestão e controle social da Reserva Extrativista, possibilitando a participação dos diversos grupos, como a comunidade beneficiária”. O Conselho Deliberativo também é responsável pela análise e aprovação do Plano de Manejo da unidade, do Cadastro dos Usuários, das contas, projetos e empreendimentos situados no interior da Reserva. “Além dessas funções básicas, o Conselho será responsável pela aprovação do cadastro dos beneficiários do Programa Nacional de Reforma Agrária - PNRA, ao qual os moradores de Reservas Extrativistas têm direito, através do acordo entre o Ministério do Meio Ambiente e o Ministério do Desenvolvimento Agrário” – complementa Freitas.

Novos empreendimentos turísticos apóiam a Reserva - Por preservar os atrativos naturais e culturais que encantam visitantes do Brasil e do mundo, a Reserva contribui para o desenvolvimento do turismo, outra atividade significativa para a economia do município de Canavieiras. Atenta ao valor agregado pelo ambiente natural, a Invest Tur, empresa de investimentos imobiliários turísticos e projetos de segunda residência, anunciou a instalação de empreendimentos turísticos no município de Canavieiras, após a criação da Resex.

Segundo Francisco Vasconcellos, diretor de operações da Invest Tur, “unidades de conservação são instrumentos importantes para a preservação dos ecossistemas e biodiversidade. Por essa razão, devemos apoiar projetos que fortaleçam institucionalmente a Reserva Extrativista de Canavieiras.”

“A Invest Tur entende que o sucesso e a viabilidade de cada empreendimento dependem da harmonia permanente entre o equilíbrio social, ambiental e econômico. Essa é nossa busca pela sustentabilidade, que só será possível com parceiros que comunguem dos mesmos objetivos”, conclui Francisco Vasconcellos.

De acordo com a chefia da Resex Canavieiras, as comunidades do munícipio também serão beneficiadas com outros projetos de desenvolvimento sustentável ligados à Reserva. Um deles é apoiado pela FAPESB – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia e prevê a organização da cadeia produtiva do caranguejo-uçá e do camarão, melhorando as estruturas para o beneficiamento e comercialização da produção pelos pescadores. O Programa de Aquisição de alimentos, coordenado pela Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB, também prevê a comercialização dos produtos da pesca e agricultura familiar como uma ferramenta para o combate a pobreza no município. Para 2009, estão previstos ainda projetos de turismo de base comunitária e monitoramento ambiental. | Site: www.resexcanavieiras.org.br

Fonte: http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=62785

Mata Atlântica in Bahia Brasilien, 330 Gemeinden

Sunday, December 21st, 2008

Welche Gemeinden in Bahia haben Mata Atlântica?



Links:


A - B

dmabahia1

B - D

dmabahia2

D - I

dmabahia3

I - L

dmabahia4

L - N

dmabahia6

N - S

dmabahia7

S - U

dmabahia8

U - Z

dmabahia9

ResEx Region Itacaré bis Canavieiras

Sunday, December 21st, 2008

Was wird in der Regiom Itacaré bis Canavieiras gemacht?



Links:


Beschreibung der Sub-Region:
Sub-região nuclear do eixo APAE Costa de Itacaré/Serra Grande –
Estação Experimental Canavieiras

A área é um importante centro, em nível mundial, de diversidade de espécies de vários
grupos taxonômicos, como os primatas, répteis, formigas e uma variedade de outras
plantas e animais. Em inventário biológicos recentes, botânicos da Ceplac e do New York
Botanical Garden obtiveram um dos maiores registros em termos de número de espécies
de árvores por hectare (cerca de 450), incluindo 15 espécies novas para a ciência em uma
única área amostral. O Parque Estadual da Serra do Conduru e a Reserva Biológica de Una
são as unidades de conservação oficiais e mais importantes na região, totalizando 14.000
ha de hábitat protegido.

A cultura cacaueira, atividade predominante na região, tem contribuído historicamente
para a manutenção dos maiores remanescentes florestais da Mata Atlântica da região
nordeste. Os cacauicultores sempre conservaram áreas de mata em suas propriedades
como reserva de madeira que é utilizada na secagem do cacau, além de manterem áreas de
mata que serviriam para o estabelecimento de futuras plantações. Parte da floresta também
era protegida através do sistema tradicional de plantio do cacau – as cabrucas. Neste
sistema, o cacau é plantado nas áreas de mata, que proporcionam o sombreamento necessário
ao cultivo. Essa prática permitiu a manutenção de uma cobertura florestal considerável
nesse eixo, formando corredores florestais importantes para a possibilidade de circulação
de indivíduos ou propágulos das espécies da fauna e flora entre os remanescentes.
Entretanto, a exploração madeireira e o colapso nos preços do cacau, fizeram com que
os produtores reduzissem as porções de matas em suas propriedades, em busca de rápida
capitalização. O desmatamento nos hábitats adjacentes às áreas protegidas tem ameaçado
deixar as unidades isoladas e comprometidas em sua capacidade de manter populações
viáveis da fauna e flora local.

apaeitaccageschflaechen

Stand 2003

Eixo APAE Costa de Itacaré/Serra Grande – Estação Experimental Canavieiras

Será essencial o apoio do projeto para as fases que agora se iniciam na direção da
efetiva implantação do Parque Estadual da Serra do Conduru, criado por decreto em
fevereiro de 1997. Além disso, o projeto irá estimular projetos modelo na área de ecoturismo,
particularmente através de treinamento de profissionais e fomento a iniciativas-piloto
nessa região. Será ainda relevante a realização de diagnósticos socioeconômicos regionais,
inventários biológicos das principais lacunas de conhecimento, o estímulo à criação
de RPPNs, a implementação de planos de manejo das APAs estaduais já criadas, além da
produção regular de mapas de cobertura florestal e da localização dos principais fragmentos,
com vistas a orientar os trabalhos de incremento de conectividade desse núcleo.



Geschuetzte Gebiete in Bahia uns Espirito Santo

Corredor Ecológico Central da Mata Atlântica (BA, ES e MG). Sub-Regiões

No Unidades Área (ha)
Àrea APAE

Sub-região 1 e 1a - rio Jequiriçá até o rio Jequitinhonha
1 APAE Área de Proteção Ambiental Est. Cachoeira de Pancada Grande 50
2 APAE Área de Proteção Ambiental Estadual Candengo 7.000
3 APAE Área de Proteção Ambiental Est. Costa de Itacaré/Serra Grande 14.925
4 Área de Proteção Ambiental Estadual Lagoa Encantada 1.800
5 Reserva Biológica Federal de Una 7.059
6 Reserva Florestal Estadual de Wenceslau Guimarães 1.200
7 Área de Proteção Amb. Est. das Ilhas de Tinharé e Boipeba 43.300
Subtotal (Sub Region) SR1: 75.334
Sub-região 2 - rio Jequitinhonha até o rio Mucuri
8 Área de Proteção Ambiental Estadual Caraíva/Trancoso 31.900
9 Área de Proteção Ambiental Estadual Coroa Vermelha 4.100
10 Área de Proteção Ambiental Estadual Santo Antônio 2.300
11 Parque Nacional de Monte Pascoal 13.500
12 Reserva Particular do Patrimônio Natural Faz. Avaí 469
Subtotal SR2: 52.269
Sub-região 3 - rio Mucuri até o rio Doce
13 Floresta Nacional Rio Preto, ES
2.830
14 Parque Estadual de Itaúnas ES 3.000
15 Reserva Biológica Federal Córrego do Veado ES 2.392
16 Reserva Biológica Federal Córrego Grande ES 1.504
17 Reserva Biológica Federal Sooretama ES 24.000
Subtotal SR3: 33.726
Sub-região 4 - ao sul do rio Doce
18 Área de Proteção Ambiental Estadual Lagoa do Guanandy ES 5.242
19 Área de Proteção Ambiental Estadual Pico do Goiapaba-Açu ES 3.740
20 Área de Proteção Ambiental Estadual Praia Mole ES 400
21 Área de Proteção Ambiental Estadual Três Ilhas ES 12.960
22 Parque Estadual Cachoeira da Fumaça ES 27
23 Parque Estadual da Pedra Azul ES 1.200
24 Parque Estadual do Forno Grande ES 659
25 Parque Estadual Fonte Grande ES 220
26 Parque Estadual Ilha da Flores ES 17
27 Parque Estadual Mata das Flores ES 800
28 Parque Estadual Paulo César Vinha ES 1.500
29 Reserva Biológica Estadual de Duas Bocas ES 2.910
30 Reserva Biológica Estadual Mestre Álvaro ES 3.470
31 Reserva Biológica Federal Augusto Ruschi (Nova Lombardia) ES 4.000
32 Reserva Biológica Federal Comboios ES 833
33 Parque Nacional do Caparaó MG/ES 26.000
Subtotal SR4:  63.978
Sub-região 5 - Abrolhos
35 Área de Proteção Ambiental Estadual Ponta da Baleia/Abrolhos BA 34.600
36 Parque Nacional Marinho de Abrolhos BA 91.300
Subtotal SR5: 125.900
Sub-região 1 e 1a - rio Jequiriçá até o rio Jequitinhonha
37 Estação Experimental Lemos Maia (Ceplac) BA 170
38 Estação Experimental Canavieiras (Ceplac) BA 500
39 Estação Experimental Djalma Bahia (Ceplac) BA 145
40 Estação Experimental Gregório Bondar (Ceplac) BA 350
Subtotal SR1 e 1a:  1.165
Sub-região 2 - rio Jequitinhonha até o rio Mucuri
41 Estação Experimental Pau-Brasil (Ceplac) BA 1.145
42 Estação Vera Cruz (Vera Cruz Florestal) BA 6.069
Subtotal SR2:  7.214
Sub-região 3 - rio Mucuri até o rio Doce
43 Estação de Biologia Marinha da Aracruz Celulose ES 35
44 Reserva Natural da Vale do Rio Doce/Linhares (CVRD) ES 21.787
Subtotal SR3:  21.822
Sub-região 4 - ao sul do rio Doce
45 Estação Biológica de Santa Lúcia (MBML/IBPC) ES 400
46 Estação Biológica de São Lourenço (MBML/IBPC) ES 22
47 Reserva Florestal da Faz. Montes Verdes (Aoki Empreend.) ES 1.500
48 Reserva Particular do Patrimônio Natural Morroda Vargem (Com. Soto Zen Shu) ES 100
Subtotal SR4:  2.022
TOTAL:
383.430
Áreas indígenas
1 Faz. Bahiana (Nova Vida) BA 308
2 Paraguassu/Caramuru BA 36.000
3 Águas Belas BA 1.200
4 Barra Velha BA 8.627
5 Coroa Vermelha (litoral) BA 77
6 Coroa Vermelha (mata) BA 1.450
7 Imbiriba BA 398
8 Mata Medonha BA 421
9 Maxacali MG 2.413
10 Maxacali/Unificação MG 1.864
11 Pradinho MG 1.029
12 Caieiras Velha ES 1.519
13 Comboios ES 2.546
14 Krenak MG 3.983
15 Pau-Brasil ES 427
Subtotal:  62.262
Áreas indígenas não-oficiais
16 Olivença BA
17 Trevo do Parque BA
TOTAL GERAL:  445.692


Karte der Geschuetzten Gebiete APAE Mata Atlantica.

apaekartebaes

Weitere Karten finden Sie hier