Info 06/2017 Gerador financeiro

Encontramos a resolução para o financiamento dos nossos projetos. Elaboramos um bio sistema permanente para criação de Camarão ou Peixes. Veja como funciona e quanto lucro ele oferece para os projetos do reflorestamento inteligente!

Queremos construir um modulo para criar Camarão em favor da restauração da Mão Terra e dos projetos do Ubuntu Brasil. Procuramos participação na construção e administração e investidores que quer ganhar um bom lucro.

Gerador financeiro da Fundação Arca Daniel, Canavieiras BA

Para o financiamento dos projetos da Arca Daniel criamos os “Geradores Financeiros”. Usamos uma tecnologia e ciência novíssima na produção de alimentos. O primeiro “Gerador Financeiro” trabalha na criação de Camarão e Peixe. Em parceria com produtores, técnicos e cientistas elaboramos um novo sistema de criação intensiva dentro da uma estufa. São bio-sistemas permanentes que produzem uma grande quantidade de alimentos com mínimo impacto ambiental.

Queremos apresentar para você, o gerador financeiro OverLap®, criatório para Camarão ou Peixe com Eta-GEWA® o novo sistema biológico para o tratamento de água . Os módulos OverLap® são destinados a produção de camarão no sistema intensivo, Bio seguros. Os Módulos são revestidos com uma geo-membrana especial, e cobertos com material sintético, objetivando a proteção fitossanitária, cada modulo é composto de

– 01 berçário; – 01 viveiro de pré-engorda; – 02 viveiros de engorda final

mais 01 sistema exclusivo de tratamento de água denominado Eta-GEWA® ; que propiciará o reuso e recirculação constante de água com a produção concomitante de bioflocos. O sistema Eta-GEWA® garante o equilíbrio dos elementos físicos, químicos e biológicos da água através da “ Digestão anaeróbia por Auto- depuração”, garantindo o melhor ambiente de habitat natural da espécie cultivada.

Veja mais informações aqui

Esta entrada foi publicada em Arca Daniel, Gerador financeiro, Portugues, Projekte e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta