Adobe & Fotos | Manual do Arquiteto Descalço

Manual do Arquiteto Descalço &

  Foto galeria parte 1 sobre Adobe


PDF: http://permaculturaportugal.ning.com/group/permadocs/forum/topics/manual-do-arquitecto-descalco-2

Nader Khalili desenvolveu o superadobe como opção para construções na Lua ou em Marte, utilizando-se apenas de solo local e sacos de plástico. A Nasa publicou seus estudos e a técnica virou uma espécie de alternativa para o planejamento e desenvolvimento de casas para SEM-TETO!
Temos uma montanha de preconceitos para transpor até que consigamos realmente enxergar a técnica como viável. Mas se aceitamos incluir produtos tão pouco testados em nossas vidas (alimentos, produtos químicos, cosméticos, ondas eletromagnéticas e tudo mais), por que abrir mão de algo tão inofensivo e interessante?

Vale muito a pena visitar o site do Cal-Earth: http://calearth.org/ e conhecer mais detalhes sobre o Superadobe. Aqui no Brasil tem gente testando a técnica, especialmente os grupos de Permacultura e Bioconstrução. Há uma versão tupiniquim, que utiliza sacos de cebola ou batatas, opção que reduz custos e simplifica o processo.

Você ama aventura? <3 Pois uma pequena casa sobre rodas é a solução para uma vida mais integrada à Natureza. Paz do Sagrado Silêncio: apenas os sons dos pássaros, grilos, cigarras, sapos e o lindo som dos ventos. Mas um violão ou uma flauta são permitidos. :3

Sistemas de construção com terra divididos em 3 grupos principais:
Os enformados utilizam apoio de formas de madeira (Taipa de Pilão),
Os entramados utilizam uma “ossatura” de material leve (bambu ou terra) como a Taipa de Mão ou Pau-à-Pique.
E os tijolos moldados à mão ou em formas: Adobes e BTC (blocos de terra comprimida). É possível dividir as técnicas por serem monolíticas (como o COB) ou conjunto de peças montadas ou por técnicas que utilizam a terra em forma úmida e plástica ou de forma mais seca.
Construção em terra crua não necessita de mão-de-obra especializada. Auto-construção: solução lógica em países onde a maioria da população detém escassos recursos.

Não nos damos conta do quanto as casas contribuem para o agravamento da situação. Já pensou em quanta energia se gasta para produzir e transportar os materiais de construção, usados corriqueiramente, como tijolos cozidos e cimento?
Construções e Reformas Particulares Sustentáveis:
http://www.archdaily.com.br/br/768168/ministerio-do-meio-ambiente-lanca-cartilha-construcoes-e-reformas-particulares-sustentaveis
REBOCO NATURAL. PDF:
http://www.sustentavelnapratica.net/arqu…/reboco_natural.pdf

http://www.ecohabitar.org/…/Manual-de-construccio%CC%81n-na…

http://www.mma.gov.br/…/_p…/140_publicacao15012009110921.pdf

http://copyfight.noblogs.org/…/manual_arquiteto_descalco_pt…

http://www.gpc.com.ar/…/83-1000-libros-sobre-ecologia-perma…

Bela casinha domo, com técnicas de super adobe e COB, com estrutura de madeira, argila e palha. Faça o seu DOMO!

Faça o seu DOMO! Aqui um passo-a-passo para ajudar você na empreitada.
http://ebioconstrucao.blogspot.com.br/p/aqui-listamos-um-passo-passo-para.html

Quarto no hotel Омая na Bulgária. Luz natural é importante para tornar o espaço aconchegante. Já pensou na energia usada para aquecer ou resfriar casas e escritórios? Sabia que 1/3 da população mundial vive em casas que utilizam a terra e técnicas com barro como a base de suas construções? Apresentam excelente conforto térmico, mantendo a temperatura e a umidade relativa do ar estáveis ao longo do ano dentro dos ambientes. O gasto de energia para transporte e transformação dos materiais utilizados é nulo.

COB. Adobe. Hiperadobe. Superadobe. Taipa de Pilão. Alternativas ao tradicional tijolo de cerâmica, que, por sofrer um processo de queima, acaba sendo extremamente prejudicial ao meio ambiente, fiz – neste álbum – seleção de algumas construções que utilizam uma massa feita com ingredientes naturais como terra e palha, de baixíssimo custo e alta durabilidade. Estas técnicas são utilizadas há centenas de anos e se mostraram extremamente resistentes além de proporcionar ambientes com temperaturas agradáveis em todas as épocas do ano, o que faz destas técnicas ótimas opções para qualquer região.

Bioconstrução: técnicas simples que qualquer pessoa é capaz de fazer, coordenada ou não por profissionais. Incluem grande dose de criatividade, vontade pessoal do proprietário e responsável pela obra e o uso de soluções ecológicas pontuais adaptadas à cada caso.

Foto ampliada: https://pledge2love.files.wordpress.com/2013/12/20131205-175345.jpg COB torna-se quase “massa de modelar”, e permite dar-se à estrutura a forma desejada, construindo com formas artísticas, com armários ou sofás embutidos/esculpidos nas paredes e tudo o que a criatividade permitir! COB significa “maçaroca”. O termo se refere à textura da mistura depois de pronta. — em Summertown, Tennessee

O conceito de Bioconstrução engloba diversas técnicas da arquitetura vernácular mundial, algumas delas com centenas de anos de história e experiência, tendo como característica a preferência por materiais do local, como a terra, diminuindo gastos com fabricação e transporte e construindo habitações com custo reduzido e que oferecem excelente conforto térmico.

O material tem muitas características incomuns com o adobe, material muito comum no México e no sudoeste dos Estados Unidos, mas enquanto o adobe é usado para fazer blocos… O COB é usado para esculpir a parede da fundação de baixo pra cima em uma peça única.

O conceito de Bioconstrução engloba diversas técnicas da arquitetura vernácular mundial, algumas delas com centenas de anos de história e experiência, tendo como característica a preferência por materiais do local, como a terra, diminuindo gastos com fabricação e transporte e construindo habitações com custo reduzido e que oferecem excelente conforto térmico.

Casas de COB respeitam o meio-ambiente. https://smallhousebliss.files.wordpress.com/2014/02/stoltz-bluff-ldk8-via-smallhousebliss.jpg?w=960&h=640 Passo 1: A “casa espiga” (barro cru e palha) deve sempre ser construída no ponto mais alto, para que a água possa fluir fora em vez de estar perto das superfícies das paredes. Quando a área de base está a ser colocada, guarde solo deslocado para utilizar… Ver mais

http://designinghouse.com/wp-content/uploads/cob-house-20141229182002-54a19b520e949.jpg Casas de COB! Composto por terra, areia e palha, o COB é um material de construção à prova de fogo, resistente às atividades sísmicas e com custo quase nulo. A construção com COB é uma técnica tradicional usada há milênios e em todos os tipos de clima. Por ser fácil de manusear, o COB é mais utilizado para construções que exigem uma arquitetura mais artística e escultural. Bainbridge’s Cob House classroom on Cortes Island, British Columbia, is made of sand, straw, driftwood and clay.

As paredes feitas com Cob são grossas e servem como massa térmica, fazendo com que a casa se mantenha quente no inverno e fresca no verão, além de funcionar bem com variações de temperatura mais curtas, fazendo a casa ficar fria de dia e quente a noite. Mesmo sendo feito basicamente de barro, o material é totalmente estável em climas úmidos e chuvosos, e se sua estrutura for feita adequadamente, o COB não se deteriora. Algumas casa feitas com Cob em Devon, uma das regiões mais úmidas da Inglaterra, sobrevivem e estão em uso a séculos.

Earthbag Home! Ecologicamente, a função do micélio é decompor resíduos. À medida que isso acontece, são produzidos vários produtos – incluindo enzimas, lípidos e proteínas – que funcionam como cola e mantêm as superfícies unidas. Passados alguns meses, a mini já está finalmente construída. Ela usa uma estrutura de madeira de pinheiro, onde foi incluída a mistura de fungos no interior dos moldes d… Ver mais no próximo Post sobre ADOBE

Agradeçemos o fonte: Green Anarchy – Por uma vida mais simples

Esta entrada foi publicada em Adobe, Architektur, Arquitetura, Barro, Construção, Dokus, Fotos, Lehmbau, Permacultura, Portugues e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta